sexta-feira, 30 de março de 2012

Braga Rugby 11 - IP Tomar Rugby 05

Injusto, mas foi o Braga que ganhou

Um ensaio para cada equipa e duas penalidades convertidas para o Braga Rugby, no qual se traduziu num bastante injusto resultado de 11 – 5, para os homens de Braga. Efectivamente soube a pouco para os homens do IP Tomar – Rugby, que sem dúvida nenhuma a haver um vencedor neste jogo, era o IP Tomar – Rugby, que diga-se deslocou-se a Braga com 17 Jogadores, tendo ainda a contrariedade de aos dois minutos de jogo tendo ficado sem um jogador que teve que sair por lesão ficando no banco para gerir apenas 1 elemento. Mas nada disto e todas estas contrariedades abalaram os homens de Tomar pois ao contrário do que se passou nos dois últimos jogos o Tomar entrou “acordado” disposto e levar de vencido um Braga, desconhecido, pois estas duas equipas nunca se tinham encontrado, um Braga diga-se esclarecido, robusto fisicamente, muito aguerrido e a jogar em casa. Por seu turno o IP Tomar – Rugby, tentou e consegui a partir dos 10 minutos da primeira parte pegar no jogo, sempre contrariado com muita eficácia pelo Braga Rugby, sendo que aos 25 minutos da primeira parte quem não marca sofre e o Braga marcou um ensaio, duvidoso, que não foi convertido, tendo colocado o resultado em 8 – 0, fruto de uma penalidade que já tinha igualmente convertido. Até ao fim da primeira parte e embalados pelo ensaio houve mais Braga, mas sem resultados pois a defender tiveram os homens do IP Tomar – Rugby muita eficácia. Havia 40 minutos para jogar e virar o resultado e o IP Tomar – Rugby entrou disposto a isso, efectivamente foi quase do primeiro ao último minuto em que quase só houve Tomar, muita mas muita pressão, tanto de avançados como da linha atrasada, a momentos o Braga tentava sacudir a pressão mas o jogo pendia para os homens do Nabão, até que cerca dos 20 minutos surgiu o ensaio lançando o Jogo estando a meio da segunda parte em 8 – 5. Se a pressão já era alguma até ao fim assistiu-se a um jogo bonito de ver, o Braga reagiu, mas sem resultado, por seu turno os Tomarenses continuavam a pressionar mas igualmente sem resultado, fruto de um Braga muito aguerrido e muito empenhado em segurar a vitória, por uma razão ou outra o Tomar não pontuava. Mais ainda quando o senhor do apito resolveu validar uma penalidade que á vista de todos passou em todos os lados menos no meio dos postes, faltavam cerca de 5 minutos para acabar já se jogava mais com o coração do que com a cabeça e efectivamente o Braga soube e bem segurar a vantagem até ao fim do jogo. O próximo jogo é já este sábado dia 31 em Tomar, onde o IP Tomar – Rugby irá receber a equipa do Lousada RC pelas 15H00.

1 comentário:

Vendetta...é um prato que se serve frio. disse...

Olá francisco.

É o pedro do BRAGA (antes Guimarães).
Como ficou o vosso companheiro que se lesionou logo no início do encontro? Está bem?
Abraço para ti e para a vossa equipa.
Pedro aka Mister V